quinta-feira, 18 de abril de 2013

Sonhos Proibidos - Lesley Pearse


Editora: Asa
Páginas: 624
Sinopse: Belle tem quinze anos e uma vida protegida. Graças aos cuidados da ama, ela nunca se apercebeu de que a casa onde vive é um bordel, regido com mão de ferro pela sua mãe. Porém, a verdade encontra sempre maneira de se revelar… Para Belle, será no trágico dia em que assiste ao assassinato de uma das raparigas da casa. Ingénua e indefesa, ela fica à mercê do criminoso, que a rapta e leva para Paris, onde se inicia como cortesã. Afastada do único lar que conheceu, a jovem refugia-se nas memórias de infância e acalenta o sonho de voltar aos braços do seu primeiro amor, Jimmy. Mas Belle já não é senhora do seu destino. Prisioneira da sua própria beleza, é alvo do desejo dos homens e da inveja das mulheres. Longe vão os anos da inocência e, quando é levada para a exótica e decadente cidade de Nova Orleães, ela acaba por apreciar o estilo de vida que o Novo Mundo tem para lhe oferecer. Mas o luxo e a voluptuosidade que a rodeiam não mitigam as saudades que sente de casa, e Belle está decidida a tomar as rédeas da sua vida. Um sonho que pode ser-lhe fatal pois há quem esteja disposto a tudo para não a perder. No seu caminho, como barreiras fatais, erguem-se um continente selvagem e um oceano impiedoso. Conseguirá o poder da memória dar-lhe forças para sobreviver a uma viagem impossível?

Resenha:
Primeiramente, acho importante dizer que este é o mesmo livro que se vende no Brasil em que o nome é Belle. Eu pessoalmente gostei muito mais do nome português e também adorei a capa super bonita, muito melhor em questão de fontes do que os livros anteriores, embora a menina da capa não tenha nada a ver com Belle. Mas tudo o resto está óptim:. tipo de letra, diagramação, etc Mas contêm alguns erros literários!

Belle é uma menina com 15 anos, de cabelo encarocolado preto e olhos azuis lindo e que é superhipermega ingénua que sem saber vive num bordel gerido pela sua própria mãe Annie. Acreditem que Belle é mesmo a pureza em pessoa, quer dizer, como é que alguém vive num bordel como todo aquele movimento que com ceteza deve haver e não dar por nada, nem sequer desconfiar?! Ela vai amadurecendo e muito ao longo do livro mas no início vemos até através da própria linguagem o quanto ela ainda é uma criança.

"Os homens pagavam às putas para poderem fazer aquela coisa que só deviam fazer com as esposas para terem filhos."

Mas algo acontece que vai roubar toda esta sua inocência: Belle assiste pela primeira vez a um acto sexual quando se esconde debaixo de uma das camas, mas acaba por ver mais do que o que quer pois Millie, uma das raparigas do bordel, é assassinada. Sendo Belle a única testemunha o assassino rapta-a para conseguir o seu silêncio e aí Belle passa por todos os piores pesadelos.

Bendida de bordel em bordel a única coisa que lhe traz alguma felicidade é quando conhece Etiénne, um francês que é encarregado de a lavar a um novo bordel. Com o tempo Belle vai amadurecendo e até acaba por gostar da sua profissão sério?! mas mesmo estando bem ela quer algo mais, quer ganhar um bom dinheiro para chegar à sua terra natal e concretizar o seu sonho - ter uma chapelaria.

Não vou dar mais spoiler mas muita coisa vai acontecendo e Jimmy (o rapaz que se apaixona por ela) e Mog (a governanta que sempre foi como uma mãe para ela) nunca deixaram de a procurar e tentar resgatá-la, por mais de dois anos. Eu adorei a Mog! É daquelas personagens que todo o livro tem de ter. É perpicaz, sarcástica e tem um humor negro incrível.

"- Sobem as escadas, descem as escadas, entram no salão, saem do salão, e não querem saber do que fazem às nossas alcatifas? Porque é que não podem entrar duma vez e ficar? Homens! Coisas inúteis! Não os queria em casa nem por nada!"
 Mog fazendo-me rir

Belle é raptada criança mas se torna uma mulher  inteligente, engraçada, ambiciosa, apaixonada, sonhadora e muito perpicaz.

"Como as coisas tinham mudado desde então! Viajara milhares de quilómetros e passara de virgem a prostituta, de criança a mulher adulta. Não acreditava que houvesse mais qualquer coisa que pudesse aprender sobre os homens; todas aquelas ideias românticas que em tempos tivera a respeito de namoro, amor e casamento tinham desaparecido."

Não está no meu top de favoritos mas gostei muito do livro. Lesley Pearse escreve sempre histórias em 3ª pessoa, cois que eu pessoalmente não gosto muito, mas as histórias são tão envolventes que acabamos por nem ligar a isso. Este livro pode ser um bocado chocante para quem não está habituado a lidar bem com problemas como a prostituição, visto que toda a história se resolve em torno disso.


Comprem:

Encontram o livro aqui na Wook por apenas 15,22€


 Love, Jéssica
Outras capas:

8 comentários:

  1. que livro interessante , esse Sonhos proibidos!
    quero ler !
    beijos

    http://mundoda-resenha.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É de facto muito interessante! Aprendi bastante coisa.

      Eliminar
  2. Ei Jessica, tudo bem?

    Pois é, esse livro aqui no Brasil se chama Belle, mas acho que eu tb prefiro o nome português ^^ Você não gosta de livro em terceira pessoa? Pra mim depende da leitura. Tem uns livros que em terceira pessoa se distanciam muito dos personagens, ai não gosto. Pelo jeito esse não é o caso de Sonhos Proibidos, certo?

    beijinhos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Certo. Mesmo sendo em 3ª pessoa é uma narrativa muito bem conseguida.

      Eliminar
  3. Oii!!
    Quando os livros nos envolve, nem a narrativa importa! rsrs
    Belle (Como se chama aqui no Brasil) será uma das minhas próximas leituras!
    Beeijos

    Elidiane - Leitura entre amigas

    ResponderEliminar
  4. Quando vi o título achei que era um novo livro da Lesley, mas depois percebi que é o livro Belle vendido aqui no Brasil. Foi o primeiro livro que li da autora, e eu gostei muito. Quero ler mais títulos dela ^^

    p.s: Jess, quanto aos folhetos eu estou doando. Me manda seu endereço através do contato lá do blog, e me diz quais você quer que eu te mando :)

    Beijão :*

    ResponderEliminar