quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Top 10 - Motivos para ter um e-reader

Está a chegar o Natal e faz hoje 2 anos que eu recebi o meu kindle e mudei completamente a minha experiência como leitora. Eu era aquele tipo de pessoa que dizia que nunca leria em formato digital, que não trocaria livro físico por e-book... e na verdade eu não troco. Apenas modifiquei a minha opinião e acho que ambos se complementam. Hoje em dia eu uso o meu e-reader para experimentar géneros que saem da minha zona de conforto, ou até para poder ler livros que ainda não foram lançados em Portugal. No entanto, se eu gostar realmente do livro, eu vou comprar em formato físico após ler em e-book. 

Eu adorei o meu kindle e cheguei a fazer um post sobre ele aqui. Entretanto o meu pai ficou com ele e ofereceu-me um kobo, que durou 2 dias (posso fazer post a falar sobre a experiência). Desde então que eu e o meu pai o partilhamos mas eu apenas o tenho nas mãos durante uns 5 dias por mês e depois o meu pai leva-o para viajar 😶. Quem sabe talvez ele me ofereça um este ano 😁 Mas o post veio a propósito de eu achar um e-reader uma ótima prenda de Natal e por isso decidi fazer um top com 10 motivos para terem um, ou quem sabe, oferecer a alguém (eu aceito 😂).

1 - Praticidade. O e-reader é um aparelho pequenino, muito simples de pegar antes de sair de casa e colocar na mala. É mais prático para levar de férias, por exemplo, do que levar um fila de livros na mala que ocuparão espaço. Acaba por ser mais prático também para ler calhamaços.

2 - Preço dos livros. Os e-books são mais baratos do que os livros físicos, só para começar.🔺Para além disso tem imensos sites que os disponibilizam gratuitamente, como le livros cof cof🔻

3 - Mais livros, menos espaço. Existem e-readers com imensas capacidades diferentes, mas normalmente todos dão para mais de 1000 livros. Já imaginaram o espaço que 1000 livros físicos ocupariam? 

4 - Leitura personalizável. Somos nós que escolhemos o espaçamento, a diagramação, o tipo de letra... Assim cada leitor escolhe aquilo que o deixa mais confortável, para que a leitura se torne mais fácil e prazerosa.

5 - Organização. Para quem é como eu e tem a mania da organização, e nunca sabe se organiza por cores ou por séries, um e-reader é muito mais simples. Basta criarem pastas e podem colocar o e-book é mais do que uma coleção porque o livro pode ser de fantasia e romance, por exemplo.

6 - Mais posições para ler. Quem tem problemas de coluna levanta a mão! 👆Eu tenho muitos problemas em arranjar uma posição que me deixa confortável para ler e isso melhorou muito com o meu e-reader devido a ele ser muito mais leve e dar para mudar de página só com uma mão.

7 - Tradutor e dicionário incluídos. Isto é algo que eu gosto imenso. É muito bom quando estamos a tentar ler noutra língua, mas também quando nos aparece uma palavra em português que não entendemos ao certo, mas que num livro físico deixaríamos passar.

8 - Luz interna. O e-reader funciona de maneira a equiparar um livro, funcionando muito bem com a luz natural. Mas tem a opção de iluminar a tela, continuando a não ser agressivo para os olhos porque a luz é lateral. Isso ajuda muito no meu caso que sofro constantemente de dores de cabeça, o que tornava impossível eu ler no tablet.

9 - Sem distrações. Ao contrário do tablet, o e-reader não tem distrações. Não recebemos as notificações do facebook, nem instagram, nem twitter no meio da tela e podemos passar imenso tempo na leitura sem que demos por isso.

10 - Não gostou do livro, apaga! Este ponto resulta para quem baixa os livros gratuitamente. Quando eu compro um livro físico e não gosto é complicado eu desfazer-me dele. Eu tento vender mas nem sempre consigo, e por vezes custa-me dá-lo porque sei que juntei cada moedinha para o poder comprar. No e-reader eu já não tenho esse problema. Quando termino uma leitura, a menos que se tenha tornado favorito, eu apago o ebook.

Beijinhos

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

[Conversas Literárias] - HARRY POTTER vs. CREPÚSCULO

Olá meus amores! Hoje venho partilhar com vocês algo que eu achei fantástico. Para quem vive debaixo de uma pedra e ainda não sabe, foi feito um funk do Harry Potter. Leram bem, o funk parece que não tem limites ahahaha e o pior é que por mais que estranhemos no início, realmente fica no ouvido. Ora vejam:

Só que, o que acontece é que esse vídeo, a coreografia e toda a representação, não são originais dessa música do funk, mas de uma battle entre Harry Potter e Crepúsculo ahahaha que por acaso eu tinha visto dias antes, porque eu amo ver vídeos de dança ❤ A direção é do Scott Winn e ele tem outros vídeos de battles muito divertidas, como esta aqui, entre meninos e meninas que representa o Girl Power, assistam.

Mas voltando ao ponto, o vídeo do Harry Potter e Crepúsculo contam com alguns bailarinos bastante conhecidos e a música nem sequer é a mesma, embora também seja muito boa, que é um original de Scott e Brendo. Vejam o vídeo original:

De qualquer das maneiras eu estou viciada em ambas as músicas ahaha vocês já conheciam? 😉

Beijinhos

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Tag - Inverno Literário

Yuhu! Começou o Inverno e eu acho que é o tempo das leituras, porque sabe mesmo bem estar debaixo de uma cobertinha, com um livro, um gatinho nos pés hehehe e talvez uma bebida quente.  Para além disso a minha data favorita é no Inverno, obviamente o Natal ❤ Por isso, quando vi esta tag no Histórias de uma Mente Inquieta, tinha que responder. Não sei quem criou, então peço desculpa, mas quem souber que me diga que eu meto os créditos. 

Inverno: um livro que te lembre o inverno.
A Prova do Ferro de Holly Black e Cassandra Clare assim como todos os livros da série Magisterium, porque eles costumam ser lançados na altura do Natal e foram-me todos oferecidos como presente hehehe acabando então eu por lê-los nessa altura.

Abaixo de zero: um livro que se passe no inverno.
As Crónicas de Gelo e Fogo de George R.R. Martin, pois já como os próprios personagens dizem "The Winter is Coming" e que longo e rigoroso inverno. Ainda não li a série toda, mas pretendo fazê-lo e acompanho direitinho a série televisiva.

Céu azul-azul: um livro com a capa azul.
Ponto Sem Retorno da autora portuguesa e parceira do blogue, Gabriela Simões que é de um azul diferente e que me agrada muito, meio azul petróleo, que combina ainda com o olho da menina da capa, que penso que seja a Giselle, protagonista da história.

Abraços quentinhos: um livro com a capa branca ou cinza, como o Olaf.
Minha Vida Fora de Série: Temporada 3 da Paula Pimenta tem uma capa cinza e super-hiper-mega fofa, cheia de animais de estimação. Aliás, todas as capas dos livros da Paula Pimenta, tanto cá como as edições no Brasil, são maravilhosas.

Chocolate-quente: um livro que te conforta e nunca te cansas dele.
Harry Potter é meio óbvio né? Mas é a verdade por isso que mais posso eu responder? Inclusiva, este ano participei no projeto do Diário da Chris para reler Harry Potter e este mês estou a reler o último livro.

Filme e pipoca com os amigos: um livro que gostarias que virasse filme.
Carry On da Rainbow Rowell, porque eu preciso que aqueles personagens maravilhosos se tornem reais. Além disso penso que seria uma boa aposta visto que é uma história sem continuação. Por isso, por favor, alguém que compre os direitos, nunca vos pedi nada 👅

Brigadeiro de colher: um livro que adoras.
Como me pede livro e não série, escolhi um dos meus livros únicos favoritos: Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo. Apenas leiam esta história super amorosa que vos fará refletir imenso.

Passo esta tag a quem goste tanto do Inverno quanto eu 😍

Beijinhos

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

A Sereia - Kiera Cass


Título| A Sereia
Autor| Kiera Cass
Editora| Marcador
Páginas| 272
Onde comprar| Aqui!

Nunca cheguei a terminar a série A Seleção (até agora tenho só o primeiro livro), mas foi uma leitura que me agradou, por isso, quando ouvi falar sobre A Sereia da mesma autora fiquei muito interessada. Ainda por cima, quem me conhece sabe que, a minha relação com a água é algo muito forte e que me faz bem. Na verdade é com a natureza em geral, então livros do género, com seres míticos, acabam sempre por me interessar.

Aqui conhecemos a história da Kahlen, uma jovem de 19 anos, que durante um naufrágio viu toda a gente, incluindo a sua família, morrer afogada. Ela foi a única que se salvou porque respondeu ao chamado de Oceano, trocando a sua vida por 100 anos de trabalho como sereia. Ela mora então com as suas irmãs sereias Miaka e Elizabeth, isoladas e mudando de casa de tempos em tempos.

O motivo do isolamento é que a voz delas é como veneno, os humanos não podem ouvir a voz delas que correm para o mar para morrerem afogados. Por isso elas precisam ter muito cuidado e não criar laços com ninguém, para que ninguém desconfie do segredo delas.

Já se passaram 80 anos para a Kahlen e ela não está feliz. Ela é a que mais sente culpa pelas mortes que causa com a sua voz, decora cada rosto e mantém álbuns com informações sobre cada uma das vítimas dos naufrágios. Mas aparece alguém que vai abanar os alicerces da sua vida, e não vou falar muito mais sobre esse romance maravilhoso 💗 só para não estragar a experiência.


O que eu mais gostei do livro foi toda a mitologia criada pela autora. Oceano é do sexo feminino e ela não é má. Ela aguenta o máximo de tempo que consegue sem se "alimentar", aproveitando as pessoas que morrem no mar por acidente, mas por vezes, quando nenhum acidente acontece durante bastante tempo, ela precisa que as sereias cantem, para que um barco afunde e ela se possa alimentar.



Com o tempo nós percebemos que existe ali uma personalidade, que Oceano não é apenas um elemento, que tem vontades, desejos e sente culpa. Ela vê as sereias como filhas e é um pouco possessiva, mas ama-as. A única sereia que a vê realmente como mãe e a procura é a Kahlen, por isso a relação que elas têm é muito especial!

Ahhhhhhhhh 😶 eu quero contar tudo e ao mesmo tempo não quero contar nada de nada, porque sinto que cada coisinha que acontece neste livro é maravilhosa. Eu não sabia nada quando comecei a ler e quero que vocês tenham a mesma oportunidade de desfrutar desta experiência. Decidi falar um pouquinho sobre a mitologia para que vocês saibam como é diferente e merece ser lido 💦💙 Mas a parte do romance vou deixar para vocês descobrirem... Só digo que quero um Akinli na minha vida 💋

Obrigada à marcador editora por me ter cedido o livro para resenha.
Beijinhos

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Tag - Halloween Literário

Mais um Haloween e está a terminar o ano, meu deus! Não sei quanto a vocês, mas não costumo propriamente festejar esta data porque não temos esse costume em Portugal, mas gosto sempre de trazer pelo menos uma tag especial para o blog. Caso queiram responder sintam-se tagueados ok? Encontrei esta tag no canal Minha Vida Literária da Aione.
1) Qual seu livro favorito de terror ou suspense?
Complicado hahahaha Na verdade eu nunca li nada do género, mas quero fazê-lo (digo isto todos os anos hahahaha). Mas quero muito ler os livros do Raphael Montes e acho que o primeiro que vou ler é o livro de contos dele, O Vilarejo. Alguém já leu?

2) Pra festa de Halloween, você precisa se fantasiar de um personagem de um livro. Qual será?
Eu não sei, porque eu teria medo de mim própria hahaha Mas a fantasia que mais acho assustadora é a do palhaço do IT. Eu nem tenho medo de palhaços, ou nunca tive... até agora.

3) Um personagem que não é de livro de terror, mas que você acha assustador.
Dementors de Harry Potter ahahahaha Foi a única coisa que me lembrei, mas é verdade!

4) Vampiros ou lobisomens?
Os dois está bem? Depende muito da história, mas normalmente gosto de ambos. No entanto, confesso que li mais livros sobre vampiros.

5) Se forem vampiros, qual o seu vampiro preferido da literatura? Se forem lobisomens, qual seu lobisomem preferido da literatura?
E aqui está a minha oportunidade hahaha Edward e Jacob kakakaka Na verdade tem imensos que eu gosto, como por exemplo, o Dimitri (vampiro) da Academia de Vampiros, e o Luke (lobisomem) de Instrumentos Mortais.

6) Qual um livro de terror que você tem vontade de ler?
Acabei por fazer batota e respondi na primeira pergunta hahaha Mas volto a dizer, sou muito curiosa em relação aos livros do Raphael Montes e, só uma curiosidade, não me imagino a ler Stephen King.

7) Gostosuras ou travessuras? Diga um livro gostosura e um livro travessura.
Todos os livros da Paula Pimenta são gostosura e eu recomendo muitoooo 😍 Para livros travessura escolho a série After 😈

Beijinhos

terça-feira, 10 de outubro de 2017

[Conversas Literárias] - Daisy Fandom Box

Olá, tudo bem? Hoje venho apresentar-vos um projeto que me deixa muito mas muito feliz. Com certeza já ouviram falar das "Subscription Box". Vocês pagam um valor e todos os meses recebem uma caixa que pode ser sobre os mais diversos produtos. 

Existem de beleza, de comida, de produtos para os animais de estimação e, claro, de livros e assuntos relacionados ao mundo geek, nerd. Mas o que acontece é que a maioria são estrangeiras, sendo que o valor dos portes por vezes não compensa, ou então como é tudo em inglês, para pessoas como eu não vale a pena.

Mas eis que conheço a Daisy Fandom Box que é "uma caixa mensal com 5 ou 6 itens relacionados com várias fandoms (literários e não só), em que cada mês tem um tema específico e as caixas podem ser adquiridas a partir do momento em que o tema é revelado (início de cada mês) por 21€". Que sonho tornado realidade ❤

Antes de mais quero dizer-vos que não estou a  ser patrocinada ok? No entanto, obviamente não me importava nada, ainda por cima o tema do mês de Outubro é Vilões e eu queria muitoooo #choradinho 👅 Mas o que realmente me fez escrever este post é que é bom apoiar projetos como estes, que são nacionais e que nós tanto nos queixamos que não há por cá. 

Para obterem mais informações basta consultarem a página e pedirem para aderir ao grupo, onde é sempre revelado o tema do mês seguinte, onde são feitas perguntas para ajudar a escolher os produtos a serem enviados e ainda são apresentados os produtos individualmente após a entrega da caixa.

Deixo-vos aqui um unboxing do CreepySantos da primeira caixinha da Daisy e assim já podem ter uma ideia de que tipo de produtos podem encontrar na Daisy Fandom Box. 

O que acham deste projeto? Vão subscrever?

Beijinhos

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

[Maratonas Literárias] - #MLOutonoInverno2017

As minhas leituras não vão muitos boas em questão de números! A minha meta para este ano no goodreads era de 50 livros e ainda só li 20 (estou 9 livros atrasada) por isso achei que juntar-me a uma maratona que talvez me dê incentivo para as leituras. A Maratona Literária de Outono/ Inverno de 2017 vai na verdade até 2018, por isso não só me ajuda, talvez, a conseguir alcançar a meta deste ano, como já me ajuda a começar melhor o próximo para que não me atrase como neste.

Informações:
  • Vai começar dia 15 de Outubro de 2017 às 23:59h e terminar dia 15 de Janero de 2018 pelas 23:59h.
  • Haverá prémios para o 1º, 2º e 3º lugares e um prémio extra (a informação para o conseguir será revelada posteriormente, assim como os prémios).
  • Da lista de desafios podem escolher todos ou apenas alguns, no entanto, cada livro só pode entrar numa categoria, ou seja, um livro não pode ser usado para responder a duas categorias distintas.
  • Para os corajosos que consigam terminar todas as categorias podem ler livros para categorias repetidas, porque nesse caso contará para a contagem de páginas no final.
  • Cada participante deverá meter os seus progressos numa rede social à escolha, usando a hashtag #MLOutonoInverno2017.

DESAFIOS
10 desafios gerais:
  1. Ler um livro que te faça, por algum motivo, lembrar a escola.
    (Um Mundo Sem Príncipes - Soman Chainani)
  2. Ler um livro com tons escuros na capa.
    (A Ascensão das Trevas - Morgan Rhodes)
  3. Ler um livro de contos.
    (O Primeiro Natal de Harry e Outros Contos - George Norman Lippert)
  4. Pedir alguém que escolha um livro para lermos.
  5. Ler um livro que tenha uma adaptação cinematográfica ou que vai ser adaptado para o cinema.
    (A Escola do Bem e do Mal - Simon Chainani)
  6. Ler um livro que queiras terminar antes de 2017 terminar.
    (
    Até ao Fim do Mundo - Maria Semple)
  7. Ler um livro que tenhas há mais de 1 ano na estante ou o último livro que compraste.
  8. Ler uma graphic novel, banda desenhada, mangá, etc.
  9. Ler um livro escrito por ou sobre alguém que admiras.
  10. Ler um livro de não-ficção.
5 desafios para o Halloween:
  1. Ler um livro de terror/horror.(O Vilarejo - Raphael Montes)
  2. Ler um policial.
    (As Dez Figuras Negras - Agatha Christie)
  3. Ler um livro cujo tamanho te assuste.
    (O Último Final Feliz - Simon Chainani)
  4. Ler um livro que o título seja vermelho.
    (Um Conto de Inverno - Trisha Ashley)
  5. Ler um livro cujo o nome do autor seja difícil de pronunciar.
    (Estilhaça-me - Taheren Mafi)
5 desafios para o Natal:
  1. Ler um livro que te dê a sensação de conforto.(Matilda - Roald Dahl) 360 páginas
  2. Ler um livro que te ofereceram ou querias que oferecessem no Natal.(A Sereia - Kiera Cass)
  3. Ler um livro que te faça lembrar a família.
  4. Ler um livro com a cor branca na capa.
  5. Ler um livro com menos de 100 páginas.(Malala - Cândida Santos Silva)
5 desafios para o instagram/facebook:
  1. Escrever a opinião de um dos livros lidos na maratona.
  2. Desafio extra para o Halloween.
  3. Desafio extra para o Natal (a divulgar dia 18 de Dezembro).
  4. Falar da maratona e de um livro a alguém e tirar uma foto com essa pessoa.
  5. Tirar uma foto de pijama/robe com o livro que estiverem a ler.
Contabilização:
Desafios terminados: 10
Páginas lidas: 2.670

Chave:
Sugestão/TBR
Estou a ler para completar este desafio
Desafio completo


Beijinhos