sábado, 23 de novembro de 2013

Insurgente - Veronica Roth


Série: Divergent
Editora: Porto Editora
Páginas: 376

Sinopse: A tua escolha pode transformar-te - ou destruir-te. Mas qualquer escolha implica consequências, e à medida que as várias fações começam a insurgir-se, Tris Prior precisa de continuar a lutar pelos que ama - e por ela própria.
O dia da iniciação de Tris devia ter sido marcado pela celebração com a fação escolhida. No entanto, o dia termina da pior forma possível. À medida que o conflito entre as diferentes fações e as ideologias de cada uma se agita, a guerra parece ser inevitável. Escolher é cada vez mais incontornável... e fatal.
Transformada pelas próprias decisões mas ainda assombrada pela dor e pela culpa, Tris terá de aceitar em pleno o seu estatuto de Divergente, mesmo que não compreenda completamente o que poderá vir a perder.

Resenha:
Já estou a dever esta resenha há imenso tempo e isso acontece porque quando gosto muito de um livro acabo por nunca saber o que dizer acerca dele. Ainda estava nos finais de Divergente quando decidi comprar Insurgente, porque não gosto nada de ter de esperar para ler uma continuação. Acontece que por vezes isso é mau porque na minha cabeça acabo por ver a série como um livro só, mas pronto...

Neste livro a Tris está perdida, com a cabeça numa confusão e começa a perguntar-se se apoiar o Tobias (Quatro) e os aliados para o extermínio da Erudição será realmente a coisa certa ou se quem tem razão é Marcus. Será uma luta não só física mas psicológica e ideológica pois Tris descobrirá que todas as suas crenças, não passavam de mentiras e ela precisa escolher um lado.

É tempo de guerra! As facções estão a entrar em declínio, alianças inimagináveis terão de ser feitas, segredos serão revelados, pessoas amigas virarão traidoras e Marcus, guarda um grande segredo que pode ser a chave para tudo o que está a acontecer. Será que Jeanine Mathews era realmente uma inimiga? Será que o relacionamento de Tris sobreviverá? E o futuro das facções? Preparem-se para muita ação pois nada é o que parece. 

O livro mostra o amadurecimento e um aprofundamento de cada personagem, principalmente de Tobias e Tris. Embora a Tris me tenha irritado nalguns momentos, devido aos seus pensamentos autodestrutivos e remorsos de ter matado Will.
"O desgosto não é tão pesado como a culpa, mas corrói-te muito mais." 
Tirando isso o livro foi PER-FEI-TO! Uma continuação que não deixou a desejar em nada, a não ser pela restante continuação. Temos guerra, enigma, mistério, poder, amizade e...é claro...amor!
Gostava de poder falar mais sobre o livro mas é impossível fazer isso sem dar spoilers e eu sou terrível a não fazer isso ;) kkkkkk tenho de me controlar mesmo muito porque se não desbobinaria já aqui a história toda... Mas digo-vos, o final é explusivo, fantástico, incrível e todos os outros adjetivos maravilhosos que vocês se lembrarem. Deixa-nos mesmo a morrer de curiosidade.

Um aparte: li os dois livros da série enquanto tinha a música 3:16am da Jhené em repeat e para mim essa música adequa-se muito, não em questão de letra (embora um pouco também), mas em som e por isso aconselho a todos. Mesmo que não achem que combine com o livro, pelo menos acho que vão gostar bastante da música....

Comprem: Encontram o livro aqui na Wook por  13,95€

Love, Jéssica

7 comentários:

  1. Nem li a resenha toda, porque ainda estou no clubinho "das pessoas que não leram Divergente". Uma droga, mas ainda pretendo ler até o final deste ano!

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que está à espera para ler? :o
      É muito bom mesmo *-*

      Eliminar
  2. Puts não pude ler sua resenha amore. É que eu estou doida para ler a série, e ver o filme tbm, por isso não pude ler o post todo. Estou tão atolada de coisas para fazer que ainda não adquiri o meu, mas sei que devo fazer isso o mais rápido possível...hahah

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem que ler logo :) Depois volta e lê o post hehehehe

      Eliminar
  3. Volte a postar todo dia no estudante fashion , amo seu blog :)

    ResponderEliminar
  4. T terminado de ler ele. Ah, o livro tem mais de 500 páginas, não 300 como tá mostrando aew Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, o livro tem 376 páginas sim, porque eu moro em Portugal e as fontes são totalmente diferentes...

      Eliminar