quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Vem livrinho vem - #9


Vem livrinho vem é uma tag onde eu falo sobre livros que eu queria muito ler mas que infelizmente ainda não foram traduzidos para português (Portugal) e por isso ainda não chegaram cá.


Caçadora de Unicórnios transporta-nos para um mundo onde estes seres não são aqueles cavalos brancos lindos e fofinhos, que passeiam nos arco-íris, mas sim monstros sangrentos, venenosos comedores de carne humana que apenas podem ser mortos por virgens treinadas.  Astrid, é uma garota que como toda a gente, não acredita nestes seres, aliás, odeia-os, porque a sua mãe passa a vida a falar neles. O que ela não sabe é que a sua história já está traçada há gerações, e ela deparar-se-á com unicórnios mais vezes do que gostaria...

Eu amo unicórnios, principalmente desde que eles foram mais abordados em Harry Potter, e apesar de nesta história eles não serem nada convencionais, eu acho que iria amar. Adoro personagens femininas fortes e, o que poderá ser melhor que Astrid, uma caçadora de unicórnios sangrentos?! Quero para ontem ;)


Em Puros, o planeta Terra sofreu um enorme ataque de bombas fabricadas com nanotecnologia. Poucos se salvaram sem nenhuma sequela e a maioria da população foi dizimada e os que sobraram nunca mais seriam os mesmos. Os sobreviventes tornaram-se uma mistura de humanos e máquinas, natureza e tudo mais que tivesse pela frente. Aprenderam a viver sob o domínio do medo e da incerteza do que poderia acontecer nas suas vidas.Alguns foram pouco afetados, foram apenas fundidos a algum tipo de material, outros tornaram-se estranhos seres, mais animais que humanos.
Mas os Puros nada sofreram… Os escolhidos, uma pequena parcela da população, escolhida a dedo, como pessoas acima da capacidade humana normal, criaram uma célula, chamada de Domo, super protegida e fugiram para lá antes dos ataques. Estes são os magnânimos e pela história contada, quase deuses aos olhos dos que foram abandonados à sua própria sorte.
Partridge, um adolescente Puro, filho de um dos homens mais influentes e importantes do Domo, que sempre acreditou ser incapaz em vários aspectos, começa a perceber que talvez as histórias contadas sobre o Antes e o Depois das explosões não sejam exatamente como ensinaram na escola. Pressia, fará 16 anos e precisa fugir da OBR, forças especiais, que recrutam todos os jovens fundidos e aptos, para um dia, invadir o Domo. O destino de Pressia e Partridge está traçado, eles nem imaginam como pessoas em dois mundos tão distintos e diferentes podem ter tanto em comum.

Estou viciada em distopias! São o meu género literário favorito e o que eu mais amo é quando põe amor à mistura. Puros parece juntar tudo o que eu amo, acrescentando ainda enigma, mistério e terror. Por isso.... tragam-no :p

EDITADO: Já Há previsão de Puros, em Portugal, e tenho a dizer-vos que estou super entusiasmada com a capa.


4 comentários:

  1. São dois livros que eu tenho vontade de um dia ler, mas não é nada demais, sabe? Estão na minha lista de espera mas não no topo!

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apesar de os querer ler também não estão lá no meu top. Mas penso que se as editoras portuguesas os trouxessem, seria uma mais valia.

      Eliminar
  2. Os dois me parecem muito bom!

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho que o primeiroé um pouquinho melhor heheheh

      Eliminar